Acordei cedo e logo que chegou o jornal já comecei a ler.  No jornal que assino existe uma revista suplementar que raramente leio, por pura falta de interesse. Hoje me surpreendi com a matéria da Flávia Montovani sobre o papel dos voluntários nas ONGs.
O que ocorre normalmente é que ao visitarmos uma ONG, nos emocionamos de imediato e normalmente pensamos em ajudar voluntariamente. Não pensamos em como, somente queremos e nem sabemos se somos qualificados para isso.
Na minha experiência com ONG,  já assisti várias pessoas dizerem que amariam participar, mas raramente vejo a continuidade no processo. Ser voluntário requer sacríficio, persistência e uma indentificação com a causa.
No meu caso participo de um lugar onde só tenho amigos e isso para mim é prazer.

Mas ser voluntário não é tão simples quanto parece 😎

Mas acesse http://www.volutariado.org.br